segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Cheiro de Flor!



Que linda Flor!

Angélica...

Lilás, branca ou amarela.

Pétalas que dançam com o vento,

Me embalando em seu movimento,

Em sua fortaleza de dengo

Pedindo: "só mais um momento".

Voz mansa

Que me encanta e me alcança.

Olhos que brilham infinito

Em seu mais doce sigilo.

Sorriso... o mais bonito.

E sua graça

Que me deixa sem graça.

Adoro olhar, contemplar

Adoro perto estar

Como se fosse me adotar

Para nunca mais deixar.

Quero um segredo contar

Que por tanto te amar

Sua amizade nunca vou largar.

E vamos cantarolar...


Me sinto tão leve...
Quero energizar meu corpo
Com oxigênio de pensamentos em ti
Ouvindo aquela música que te traz pra perto de mim.

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

=)

Birra, charminho... Bico?
Não fica assim... te compro um "chokito"!
Oferecido por minha Amiga-Flor Angélica Lins do Blog Vórtice.
Um Blog lindo que recomendo por transmitir a beleza inexplicável da alma em poesia.
Regras que acompanham o selo: 1- Colocar a imagem do selo no blog. 2- Indicar o link do blog que me enviou: http://vorticelins.blogspot.com/ 3- Indicar 3 blogs para receber o selo. * O café de todo dia * Acontecimentos * Palavras apenas... Palavras pequenas... 4- Comentar nos blogs indicados.

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Imediato

Linda...
Enorme...
Fascinante...
Hipnotizante...
Que coisa! Lembrei logo de ti.
Como poderia deixar de compartilhar tal maravilha?

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Agora é o verdadeiro Fim.
Vai doer, mas vou aprender.
Vai demorar, pois só o tempo pra curar.
Sentirei falta... Sim.
Passarei noites sem dormir,
Dias de extrema solidão,
E digo... Deixar de te amar não será Fácil,
Mas não será impossível.
"...Que minha solidão me sirva de companhia.
Que eu tenha a coragem de me enfrentar.
Que eu saiba ficar com o nada
E mesmo assim
Me sentir como se estivesse plena de tudo."
[Clarice Lispector]

domingo, 15 de agosto de 2010

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Desejo

"QUE SEJA DOCE."
(caio f.)
"E se não quisermos, não pudermos, não soubermos, com palavras, nos dizer um pouco um para o outro, senta ao meu lado assim mesmo. Deixa os nossos olhos se encontrarem vez ou outra até nascer aquele sorriso bom que acontece quando a vida da gente se sente olhada com amor. Senta apenas ao meu lado e deixa o meu silêncio conversar com o seu. Às vezes, a gente nem precisa mesmo de palavras."

[Ana Jácomo]

terça-feira, 3 de agosto de 2010

Amar?

Amar...
O que poderá ser amar se ao fim estou aqui sozinha nesta escuridão?
O que será amar se a angústia que sinto é de partir o coração?
O que será amar se o mundo ao meu redor parece que desapareceu, desmoronou?
O que será amar se não sou mais seu?
O que será amar se não sou mais eu?
O que será amar se agora a tristeza me toma?
O que será amar se as lágrimas agora me encharcam, tentando de alguma forma lavar a dor?
O que será amar se chego ao mais profundo fundo?
Me responda!
Então só me resta morrer, para poder viver mais uma vez!

segunda-feira, 2 de agosto de 2010